.PERROCAS

.pesquisar

 

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.ÚlTIMO NÚMERO DO PERROCAS

. Jornal "Perrocas" número ...

.PERROCAS ANTIGOS

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.tags

. perrocas número 1

. perrocas número 10

. perrocas número 100

. perrocas número 11

. perrocas número 12

. perrocas número 13

. perrocas número 14

. perrocas número 15

. perrocas número 16

. perrocas número 17

. perrocas número 18

. perrocas número 19

. perrocas número 2

. perrocas número 20

. perrocas número 21

. perrocas número 22

. perrocas número 23

. perrocas número 24

. perrocas número 25

. perrocas número 26

. perrocas número 27

. perrocas número 28

. perrocas número 29

. perrocas número 3

. perrocas número 30

. perrocas número 31

. perrocas número 32

. perrocas número 33

. perrocas número 34

. perrocas número 35

. perrocas número 36

. perrocas número 37

. perrocas número 38

. perrocas número 39

. perrocas número 4

. perrocas número 40

. perrocas número 41

. perrocas número 42

. perrocas número 43

. perrocas número 44

. perrocas número 45

. perrocas número 46

. perrocas número 47

. perrocas número 48

. perrocas número 49

. perrocas número 5

. perrocas número 50

. perrocas número 51

. perrocas número 52

. perrocas número 53

. perrocas número 54

. perrocas número 55

. perrocas número 56

. perrocas número 57

. perrocas número 58

. perrocas número 59

. perrocas número 6

. perrocas número 60

. perrocas número 61

. perrocas número 62

. perrocas número 63

. perrocas número 64

. perrocas número 65

. perrocas número 66

. perrocas número 67

. perrocas número 68

. perrocas número 69

. perrocas número 7

. perrocas número 70

. perrocas número 71

. perrocas número 72

. perrocas número 73

. perrocas número 74

. perrocas número 75

. perrocas número 76

. perrocas número 77

. perrocas número 78

. perrocas número 79

. perrocas número 8

. perrocas número 80

. perrocas número 81

. perrocas número 82

. perrocas número 83

. perrocas número 84

. perrocas número 85

. perrocas número 86

. perrocas número 87

. perrocas número 88

. perrocas número 89

. perrocas número 9

. perrocas número 90

. perrocas número 91

. perrocas número 92

. perrocas número 93

. perrocas número 94

. perrocas número 95

. perrocas número 96

. perrocas número 98

. todas as tags

.contador

Phoenix Ancient Art
Free Cell Phones
blogs SAPO

.subscrever feeds

Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2015

Jornal "Perrocas" número 100

perrocas100

Janeiro de 2015

Amigos e amigas de todas as idades, cores e lugares...

Ao fim de 100 edições deste jornal, desde 2006, este projecto chega ao fim.

Obrigado a todos os que sempre nos seguiram e a todos os que contribuiram para a realização deste jornal infanto juvenil de carácter mensal.

Para me despedir... Deixo-vos uma canção... Um abraço e um até sempre

Recordando-vos que são vocês quem mandam, está na vossa mão os destinos do mundo.... E que nele... Podem ser quem vocês quiserem.

 

Até sempre!

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 12:41

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Dezembro de 2014

Jornal "Perrocas" número 99

perrocas nº99

Dezembro de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

FELIZ NATAL E BOM ANO DE 2015

O patinho feio - Histórias contadas

 

 

Cómo fazer um ovo pula pula. Experimentos para crianças

 

Sérgio Godinho - Amigos do Gaspar - Canção dos Abraços

 

Musicalização Infantil - Instrumentos Musicais

 

Portugal - A beleza da simplicidade

 

Até Janeiro amigos e amigas...

BOM NATAL E FELIZ 2015

 

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 14:27

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Novembro de 2014

Jornal "Perrocas" número 98

perrocas nº98

Novembro de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

O LEÃO MEDROSO

 

Os Primeiros Povos na Península Ibérica 

Zeca Afonso - Canção de Embalar

 

Aprenda a fazer magica para crianças

 

 Até Dezembro amigos e amigas...

 

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 17:19

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Jornal "Perrocas" número 97

perrocas nº97

Outubro de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

BIOSFERA

O termo Biosfera começou a ser empregue por volta de 1920. A palavra é formada por Bio = vida e esfera = camada, espaço, esfera; sendo assim, a biosfera é o espaço que possui vida na Terra.

Esse termo está relacionado aos componentes abióticos do nosso planeta que são:

Hidrosfera: espaço ocupado por água (hidro). Os oceanos, mares, lagos e rios ocupam ¾ da Terra. Abaixo do solo temos os lençóis freáticos que estão localizados desde poucos a milhares de metros subterrâneos.

Litosfera: espaço formado por solo, rochas (litos). É formada por uma grande variedade de rochas que em sua maioria está coberta por solo e outros depósitos de sedimentação.

Atmosfera: espaço formado por gás (atmos). É constituída pornitrogênio (78%), oxigênio (21%), gás carbônico (0,03%), gases nobres e vapor d´água.

O conjunto desses componentes com os seres vivos é que forma a biosfera.

A biosfera compreende desde o topo das mais altas montanhas até as profundezas dos oceanos, ela é delimitada de acordo com a presença de seres vivos.

A diversidade de características que existe nesses ambientes se traduz na diversidade de espécies e na quantidade de seres vivos que habitam determinadas regiões. Por exemplo, nos extremos superior e inferior da biosfera, poucos seres vivos conseguem viver. As condições ambientais mais favoráveis estão nos limites intermediários dessa faixa.

PENINSULA IBÉRICA

península Ibérica está situada no sudoeste da Europa. É formada pelos territórios de Gibraltar (cuja soberania pertence ao Reino Unido), PortugalEspanhaAndorra e uma pequena fração do território da Françanas vertentes ocidentais e norte dos Pirenéus, até ao local onde o istmo está situado1 . É a mais ocidental das três grandes penínsulas do sul da Europa, sendo as outras a península Itálica e a península Balcânica. Em área é a segunda maior península da Europa, apenas ultrapassada pela península Escandinava, tendo uma área de cerca de 580 000 km². Formando quase um trapézio, a península liga-se ao resto do continente europeu pelo istmo constituído pela cordilheira dos Pirenéus, sendo rodeada a norte, oeste e parte do sul pelooceano Atlântico, e a restante costa sul e leste pelo mar Mediterrâneo. Os seus pontos extremos são a ocidente o cabo da Roca, a oriente o cabo de Creus, a sul a ponta de Tarifa e a norte a estaca de Bares.

Com uma altitude média bastante elevada, apresenta predomínio de planaltos rodeados por cadeias de montanhas, e que são atravessados pelos principais rios. Os mais importantes são o rio Tejo, o rio Douro, o rio Guadiana e o rio Guadalquivir, que desaguam no oceano Atlântico, e o rio Ebro, que, por sua vez, desagua no mar Mediterrâneo.

As elevações mais importantes são a cordilheira Cantábrica, no norte; o sistema Penibético (serra Nevada) e osistema Bético (serra Morena), no sul; e ainda a cordilheira Central (serra de Guadarrama), de que a serra da Estrela é o prolongamento ocidental. Densamente povoada no litoral, a península Ibérica tem fraca densidade populacional nas regiões interiores. Excepção a esta regra é a região de Madrid, densamente povoada.

ROSA DOS VENTOS

rosa dos ventos (pré-AO 1990: rosa-dos-ventos) é uma imagem que representa os quatro sentidos fundamentais e seus intermediários. A rosa-dos-ventos corresponde à volta completa do horizonte e surgiu da necessidade de indicar exatamente um sentido que nem mesmo os pontos intermediários determinariam, pois um mínimo desvio inicial torna-se cada vez maior, à medida que vai aumentando a distância.

Assim, praticamente todos os pontos na linha do horizonte podem ser localizados com exatidão. Cada quadrante da rosa-dos-ventos corresponde a 90º: considera-se o norte a 0º; o leste a 90º; o sul a 180º, o oeste a 270º, e novamente o norte a 360º.1

A utilização de rosas-dos-ventos é extremamente comum em todos os sistemas de navegação antigos e atuais.

Até NOVEMBRO amigos e amigas.................

 

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 21:32

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Jornal "Perrocas" número 96

perrocas nº96

Setembro de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

A escola vai começar!

APLIQUEM-SE E DIVIRTAM-SE!


Uma receita…

Beijinho de coco

Pede ajuda a um adulto!

Vamos experimentar uma coisa diferente!

NGREDIENTES

1 lata de leite moça
150g de coco ralado
2colheres de margarina ( sem sal)
Açúcar granulado
MODO DE PREPARO 
Coloque o leite moça, coco e a manteiga em uma panela em fogo médio e mexa até que o doce fique consistente e solte do fundo Deixe esfriar, faça bolinhas e passe no açúcar ou coco
 
  BOM APETITE!

Viseu
Viseu é uma cidade portuguesa, no Norte de Portugal, com cerca de 52 500 habitantes,1 sendo por isso a terceira maior e mais populosa cidade no Centro-norte de Portugal, a seguir a Coimbra e Aveiro. É também Capital deDistrito com o mesmo nome.É sede de um município com 507,10 km² de área2 e 99 274 habitantes (2011),3 4 subdividido em 25 freguesias.5O município é limitado a norte pelo município de Castro Daire, a nordeste por Vila Nova de Paiva, a leste por SátãoPenalva do Castelo, a sueste por Mangualde e Nelas, a sul por Carregal do Sal, a sudoeste por Tondela, a oeste por Vouzela e a noroeste por São Pedro do Sul. Para além de sede de distrito e de concelho, Viseu é igualmente sede de Diocese e de Comarca.Segundo um estudo da DECO de 2007 sobre qualidade de vida, Viseu é a 17.ª melhor cidade europeia com mais qualidade de vida entre as 76 do estudo, sendo ainda a primeira das 18 cidades capitais de distrito portuguesas com melhor qualidade de vida,6 . Em 2012 foi considerada, mais uma vez, a cidade portuguesa com melhor qualidade de vida. 

Sabias que...
A Papua-Nova Guiné (em tok pisinPapua Niugini), também designado como Papuásia-Nova Guiné4 ,Papua Nova Guiné5 6 ou Papuásia Nova Guiné,7 oficialmente Estado Independente da Papua-Nova Guiné, é um país da Oceania que ocupa a metade oriental da ilha da Nova Guiné, e uma série de ilhas earquipélagos, a leste e a nordeste, embora sempre na Melanésia. A única fronteira terrestre que tem é com a Indonésia, a oeste, mas tem fronteiras marítimas com Palau e os Estados Federados da Micronésia, a norte, com as Ilhas Salomão, a sudeste, e com a Austrália, através do mar de Coralestreito de Torres e mar de Arafura, a sul. A sua capital é Port Moresby.A Papua-Nova Guiné é um dos países com maior diversidade cultural no mundo. De acordo com dados recentes, 848 línguas diferentes são listadas no país, dos quais 12 não possuem conhecimento específico.8A maior parte da população, estimada em pouco mais de 7 milhões de habitantes, vive em comunidades habituais, que são tão diversas quanto os idiomas.9 Possui, ainda, um dos menores percentuais de população vivendo em centros urbanos, já que 82% de sua população vive em áreas rurais.10 O país ainda é pouco explorado, cultural e geograficamente, e muitas espécies existentes em sua flora e fauna ainda são desconhecidas.11O forte crescimento em mineração e os recursos provenientes na exploração deste setor levou o país a se tornar uma das economias de mais rápido crescimento no mundo, a partir de 2011.12 Apesar disso, o país enfrente inúmeros problemas sociais, como a extrema pobreza, e cerca de um terço da população vive com menos de US$ 1,25 por dia.13Depois de ter sido governada por três poderes externos desde 1884, a Papua-Nova Guiné estabeleceu sua soberania em 1975, após 70 anos de administração australiana. Tornou-se um reino da Commonwealth em separado, com a rainha Elizabeth II como chefe de Estado, além de ser um membro da Comunidade das Nações em seu próprio direito.

Lenda
A Padeira de Aljubarrota
Brites de Almeida não foi uma mulher vulgar. Era feia, grande, com os cabelos crespos e muito, muito forte. Não se enquadrava nos típicos padrões femininos e tinha um comportamento masculino, o que se reflectiu nas profissões que teve ao longo da vida. Nasceu em Faro, de família pobre e humilde e em criança preferia mais vagabundear e andar à pancada que ajudar os pais na taberna de donde estes tiravam o sustento diário. Aos vinte anos ficou órfã, vendeu os poucos bens que herdou e meteu-se ao caminho, andando de lugar em lugar e convivendo com todo o tipo de gente. Aprendeu a manejar a espada e o pau com tal mestria que depressa alcançou fama de valente. Apesar da sua temível reputação houve um soldado que, encantado com as suas proezas, a procurou e lhe propôs casamento. Ela, que não estava interessada em perder a sua independência, impôs-lhe a condição de lutarem antes do casamento. Como resultado, o soldado ficou ferido de morte e Brites fugiu de barco para Castela com medo da justiça. Mas o destino quis que o barco fosse capturado por piratas mouros e Brites foi vendida como escrava. Com a ajuda de dois outros escravos portugueses conseguiu fugir para Portugal numa embarcação que, apanhada por uma tempestade, veio dar à praia da Ericeira. Procurada ainda pela justiça, Brites cortou os cabelos, disfarçou-se de homem e tornou-se almocreve. Um dia, cansada daquela vida, aceitou o trabalho de padeira em Aljubarrota e casou-se com um honesto lavrador..., provavelmente tão forte quanto ela.O dia 14 de Agosto de 1385 amanheceu com os primeiros clamores da batalha de Aljubarrota e Brites não conseguiu resistir ao apelo da sua natureza. Pegou na primeira arma que achou e juntou-se ao exército português que naquele dia derrotou o invasor castelhano. Chegando a casa cansada mas satisfeita, despertou-a um estranho ruído: dentro do forno estavam sete castelhanos escondidos. Brites pegou na sua pá de padeira e matou-os logo ali. Tomada de zelo nacionalista, liderou um grupo de mulheres que perseguiram os fugitivos castelhanos que ainda se escondiam pelas redondezas. Conta a história que Brites acabou os seus dias em paz junto do seu lavrador mas a memória dos seus feitos heróicos ficou para sempre como símbolo da independência de Portugal. A pá foi religiosamente guardada como estandarte de Aljubarrota por muitos séculos, fazendo parte da procissão do 14 de Agosto. 

 Um provérbio…
Uns comem os figos, a outros rebentam-lhe os lábios.

 Até OUTUBRO amigos e amigas

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 15:25

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

Jornal "Perrocas" número 95

perrocas95

Agosto de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

BOAS FÉRIAS!

Aproveitem bem... A escola chega num ápice!


Uma receita…

Gelado de Leite Condensado 

Pede ajuda a um adulto!

Vamos experimentar uma coisa diferente!

 

Ingredientes:

  1. ½ colher (sopa) de maisena
  2. 1 lata de leite condensado
  3. 2 gemas
  4. 3 chávenas (chá) de leite

Confeção:

  1. Dissolva as gemas e a maisena no leite frio.
  2. Ponha a mistura numa panela, junte o leite condensado e leve a lume brando, mexendo até engrossar, sem deixar levantar fervura.
  3. Ponha o doce num recipiente e leve ao congelador. 

BOM APETITE!


Guimarães

Guimarães é uma cidade portuguesa situada no Distrito de Bragaregião Norte e sub-região do Ave (uma das sub-regiões mais industrializadas do país), com uma população de 52 181 habitantes, repartidos por uma malha urbana de 23,5 km², em 20 freguesias e com uma densidade populacional de 2223,9 hab./km².4

É sede de um município com 240,95 km²1 de área e 158 124 habitantes (2011)2 (em queda se comparada com a população estimada de 162 592 habitantes em 20095 e aos Censos de 2001), subdividido em 69 freguesias,(agrupadas em 48 novas freguesias com a reorganização administrativa das freguesias, mantendo as anteriores freguesias a "sua identidade histórica, cultural e social, conforme estabelece a Lei n.º 22/2012, de 30 de maio")3sendo que a maioria da população reside na cidade e na sua zona periférica. O município é limitado a norte pelo município de Póvoa de Lanhoso, a leste por Fafe, a sul por FelgueirasVizela e Santo Tirso, a oeste por Vila Nova de Famalicão e a noroeste por Braga.

É uma cidade histórica, com um papel crucial na formação de Portugal, e que conta já com mais de um milénio desde a sua formação, altura em que era designada como Vimaranes. Podendo este topónimo ter tido origem emVímara Peres, nos meados do século IX, quando fez deste local o seu principal centro governativo do condado Portucalense que tinha conquistado para o Reino de Galiza e onde veio a falecer.[carece de fontes]

Guimarães é uma das mais importantes cidades históricas do país, sendo o seu centro histórico consideradoPatrimónio Cultural da Humanidade, tornando-a definitivamente um dos maiores centros turísticos da região. As suas ruas e monumentos respiram história e encantam quem a visita.

A Guimarães actual soube conciliar, da melhor forma, a história e consequente manutenção do património com o dinamismo e empreendedorismo que caracterizam as cidades modernas, que se manifestou na nomeação paraCapital Europeia da Cultura em 2012, factores que levaram Guimarães a ser eleita pelo New York Times como um dos 41 locais a visitar em 2011 e a considerá-la um dos emergentes pontos culturais da Península Ibérica.6 Foi ainda Cidade Europeia do Desporto (CED), em 2013. Nesta última, Guimarães foi distinguida como sendo a melhor CED de 2013.

Guimarães é muitas vezes designada como "Cidade Berço", devido ao facto aí ter sido estabelecido o centro administrativo do Condado Portucalense por D. Henrique e por seu filho D. Afonso Henriques poder ter nascido nesta cidade e fundamentalmente pela importância histórica que a Batalha de São Mamede, travada na periferia da cidade em 24 de Junho de 1128, teve para a formação da nacionalidade. Contudo, as necessidades daReconquista e de protecção de territórios a sul levou esse mesmo centro para Coimbra em 1129. 


Sabias que...

Benim, oficialmente designado como República do Benim (em francêsRépublique du Bénin), é um país da região ocidental da África limitado a norte pelo Burkina Faso e pelo Níger, a leste pela Nigéria, a sul pela Enseada do Benim e a oeste pelo Togo.

A capital constitucional é a cidade de Porto-Novo, mas Cotonou é a sede do governo e a maior cidade do país. O país tem 112 622 km² e uma população de quase 9 milhões de habitantes2 (2009). Do século XVII aoséculo XIX, Benin foi governada pelo Reino de Daomé. Esta região foi referida como a Costa dos Escravos, desde as do século XVII devido ao grande número de escravos embarcados para o Novo Mundo durante otráfico negreiro transatlântico. Após a escravidão ser abolida, a França tomou conta do país e rebatizouDaomé francês. Em 1960, Daomé ganhou a independência total da França, trazendo um governo democrático para os próximos 12 anos10 . Antiga colónia francesa, o país alcançou independência em 1 de agosto de 1960, com o nome de República de Daomé. Em 1975 o país adotou o atual nome de Benim, em razão de o país ser banhado a sul pela Baía de Benim. 


Lenda

O Senhor de Matosinhos
Segundo a tradição, a imagem do Senhor de Matosinhos é uma das mais antigas de toda a cristandade. A lenda diz que esta imagem foi esculpida por Nicodemos, que assistiu aos últimos momentos de vida de Jesus, sendo por isso considerada uma cópia fiel do seu rosto. Nicodemos esculpiu mais quatro imagens mas esta é considerada a primeira e a mais perfeita. A imagem é oca porque nela teria Nicodemos escondido os instrumentos da Paixão e, nesses tempos de perseguição, os objectos sagrados eram escondidos ou atirados ao mar para escaparem à fogueira. Nicodemos atirou a imagem ao mar Mediterrâneo, na Judeia, e esta foi levada pelas águas, passou o estreito de Gibraltar e veio dar à praia de Matosinhos, perdendo na viagem um braço. A população de Bouças ergueu-lhe um templo e designou a imagem por Nosso Senhor de Bouças, venerando-a durante 50 anos pelos seus muitos milagres. Mas um dia, andava uma mulher na praia de Matosinhos a apanhar lenha para a sua lareira, quando encontrou um pedaço de madeira que juntou aos restantes. Em casa, lançou-o ao fogo mas este pedaço saltou da lareira não só da primeira, mas como de todas as vezes que ela o tentava queimar. A sua filha, muda de nascença, fazia-lhe gestos desesperados para que dizer qualquer coisa e, por fim, balbuciou, perante o espanto da mãe, que o pedaço de madeira era o braço de Nosso Senhor das Bouças. Assombrada pelo milagre a população verificou que o braço se ajustava tão bem à imagem que parecia que nunca dela se tinha separado. No século XVI, a imagem foi mudada para uma igreja em Matosinhos, construída em sua honra, ficando a ser conhecida por Nosso Senhor de Matosinhos.


 Um provérbio…

Vindima molhada, pipa depressa despejada.


 Até Setembro amigos e amigas

 


publicado por pedrocas9@sapo.pt às 22:00

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Julho de 2014

Jornal "Perrocas" número 94

perrocas nº94

Julho de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

BOAS FÉRIAS!


Uma receita…

Gelado de Chocolate

Pede ajuda a um adulto!

Vamos experimentar uma coisa diferente!

 

Ingredientes para 20 bolas (2 litros):

  • 500g de chocolate para culinária em tablete partido em pedaços
  • 500 ml de leite
  • 80g de açúcar
  • 6 gemas de ovo
  • 400 ml de natas para bater
  • 100g de açúcar

Preparação:

1. Num tacho ou numa panela, ferver o leite.
Numa tigela, coloque as gemas e os 80g de açúcar.
Bata até que fique um creme esbranquiçado.
Enquanto bate junte aos poucos o leite fervido.
Bata mais um pouco até que tudo fique bem miturado.

2. Coloque a mistura num tacho e leve ao lume.
Deixe cozinhar em lume brando e mexa com uma colher até que o creme engrosse, com atenção especial para não deixar ferver e não talhar as gemas.
Quando a mistura começar a ficar cremosa, apague o lume e junte o chocolate.
Mexa até que o chocolate derreta e fique um creme.
Deixe arrefecer até ficar frio.

3. Quando a mistura do chocolate ficar fria, bata as natas até que fiquem fofas e volumosas.
Aos poucos e enquanto bate, junte o restante açúcar.
Bata até que fique chantilly.
Por fim e enquanto bate, junte a mistura do chocolate aos poucos ao chantilly.
Bata até que tudo fique bem misturado.

4. Coloque o creme numa caixa com tampa que vede bem.
Leve ao congelador.
De 3 em 3 horas retire a caixa do congelador e mexa muito bem o creme com um garfo para que não ganhe cristais de gelo.
Quando estiver congelado está pronto a servir.
A equipa do SaborIntenso.com deseja-lhe um bom apetite!

BOM APETITE!


Porto

É sede de um município com 41,42 km² de área,1 tendo uma população de 237 591 habitantes (20112 ) dentro dos seus limites administrativos, subdividido em sete freguesias.3 A cidade metrópole, constituída pelos municípios adjacentes que formam entre si um único aglomerado urbano, conta com cerca de 1 300 000 habitantes,2 o que a torna a maior do noroeste peninsular. A cidade é considerada uma cidade global gama4 .

É a sede e capital da Área Metropolitana do Porto, presidida, na atualidade, por Hermínio Loureiro5 , que é uma grande área metropolitana portuguesa que agrupa 17 municípios com 2 494 741 habitantes em 2 089 km² de área e que tem uma densidade populacional próxima de 1098 hab/km², o que torna a cidade a 14ª área urbana mais populosa da União Europeia, sendo, portanto, a segunda maior zona urbana portuguesa, a seguir a Lisboa. Corresponde à área abrangida pelo Grande Porto e pela sub-região nortenha do Entre Douro e Vouga. O Porto e a Área Metropolitana do Porto constituem o núcleo estrutural da Região Norte6 , que tem uma área de 21 278 km² (24% do Continente) e uma população de 3 689 609 habitantes (Censos de 2011),7 correspondendo a 37% de Portugal Continental e a 35% do Estado-nação português, sendo, portanto, a região mais populosa e de maior dimensão do país e a região onde se situam a maioria das pequenas e médias empresas, sendo também a que mais contribui para as exportações nacionais, sendo a única região que exporta mais do que importa. A Região Norte produz 40% do valor acrescentado do país e tem 50% do emprego industrial, tendo uma taxa de cobertura das importações pelas exportações de 129%, contra a média nacional de 74%.8 Esta região é servida por duas importantes infra-estruturas: o Porto de Leixões, que representa 25% do comércio internacional português e movimenta cerca de 14 milhões de toneladas de mercadorias por ano, e o Aeroporto Francisco Sá Carneiro, que é o melhor aeroporto de Portugal em termos de espaço na aerogare. Em termos de movimentos aéreos de carga e de passageiros, é o segundo maior de Portugal, tendo sido galardoado como o melhor do mundo na categoria de aeroportos até 5 milhões de passageiros e, em 2014, como o terceiro melhor aeroporto europeu 9 .

O Porto é a cidade mais importante da altamente industrializada zona litoral da Região Norte, onde se localizam grande parte dos mais importantes grupos económicos do país, tais como a Altri, o Grupo Amorim/Corticeira Amorim, o Banco BPI, a BIAL, a EFACEC, a Frulact, a Lactogal, o Millennium BCP, a Porto Editora, a Sonae, a Unicer ou o Grupo RAR. A Associação Empresarial de Portugal está sediada no Porto.

A cidade do Porto é conhecida como a Cidade Invicta e como a Capital do Norte. Tem uma velha ligação socio-económica à Inglaterra10 e é a cidade onde vive a maior comunidade britânica em Portugal 11 , sendo mesmo considerada a cidade portuguesa com o temperamento mais «centro-europeu» 12 e onde se encontram as raízes judaicas mais antigas e consistentes dos portugueses 13 , através de uma herança «marrana» milenar 14 , onde melhor se pode verificar, em Portugal, o velho adágio centro-europeu da ética protestante que recupera o espírito de 'nação' judaico e que gerou o livre jogo do capitalismo e da economia de mercado: "Stadtluft macht frei" ("O ar da cidade liberta")15 . É a cidade que deu o nome a Portugal – desde muito cedo (c. 200 a.C.), quando se designava de Portus Cale, vindo mais tarde a tornar-se a capital do Condado Portucalense, de onde se formou Portugal e de onde, mais tarde, se construiu o Império Português, visto que foi construído, maioritariamente, por pessoas da Região Norte. É ainda uma cidade conhecida mundialmente pelo seu vinho, pelas suas pontes e arquitectura contemporânea e antiga, o seu centro histórico, classificado como Património Mundial pela UNESCO, pela qualidade dos seus restaurantes e pela sua gastronomia, pela sua principal equipa de futebol, o Futebol Clube do Porto, bem como pela sua principal universidade pública: a Universidade do Porto, colocada entre as 200 melhores a nível mundial e entre as 100 melhores universidades da Europa 16 . O Porto é o local onde se formalizou a criação de um consórcio pioneiro em Portugal: o Consórcio das Universidades do Norte (UniNORTE), antecessor da futura Universidade do Norte, que corresponde à fusão entre a Universidade do Porto, a Universidade do Minho e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que originará uma das maiores universidades do Mundo 17 .

Em 2012 e 2014, a cidade do Porto foi eleita "Melhor Destino Europeu", distinção atribuída anualmente pela European Consumers Choice.18 Em 2013, foi eleita o "Melhor Destino de férias na Europa" pela Lonely Planet. Também no ano de 2014, a revista Business Destinations, que organiza anualmente os Bussiness Destinations Travel Awards, considerou que a Alfândega do Porto é o melhor espaço para “reuniões e conferências” da Europa, elegendo este centro de congressos pela sua qualidade e inserção urbana.19


Sabias que...

Cabo Verde, oficialmente República de Cabo Verde, é um país insular africano e um arquipélago de origem vulcânica constituído por dez ilhas. Está localizado no Oceano Atlântico, 640 km a oeste de Dacar, no Senegal. Outros vizinhos são a Mauritânia, a Gâmbia e a Guiné-Bissau, todos na faixa costeira ocidental da África que vai do Cabo Branco às ilhas Bijagós. Curiosamente, o Cabo Verde que dá nome ao país não se situa nele, mas a centenas de quilómetros a leste, perto de Dacar, no Senegal.

Foi descoberto em 1460 por Diogo Gomes ao serviço da coroa portuguesa, que encontrou as ilhas desabitadas e aparentemente sem indícios de anterior presença humana. Foi colónia de Portugal desde o século XV até sua independência em 1975.


Lenda

Lenda das Obras de Santa Engrácia


Simão Pires, um cristão novo, cavalgava todos os dias até ao convento de Santa Clara para se encontrar às escondidas com Violante. A jovem tinha sido feita noviça à força por vontade do seu pai fidalgo que não estava de acordo com o seu amor. Um dia, Simão pediu à sua amada para fugir com ele, dando-lhe um dia para decidir. No dia seguinte, Simão foi acordado pelos homens do rei que o vinham prender acusando-o do roubo das relíquias da igreja de Santa Engrácia que ficava perto do convento. Para não prejudicar Violante, Simão não revelou a razão porque tinha sido visto no local. Apesar de invocar a sua inocência foi preso e condenado à morte na fogueira que se realizaria junto da nova igreja de Santa Engrácia, cujas obras já tinham começado. Quando as labaredas envolveram o corpo de Simão, este gritou que era tão certo morrer inocente como as obras nunca mais acabarem. Os anos passaram e a freira Violante foi um dia chamada a assistir aos últimos momentos de um ladrão que tinha pedido a sua presença. Revelou-lhe que tinha sido ele o ladrão das relíquias e sabendo da relação secreta dos jovens, tinha incriminado Simão. Pedia-lhe agora o perdão que Violante lhe concedeu. Entretanto, um facto singular acontecia: as obras da igreja iniciadas à época da execução de Simão pareciam nunca mais ter fim. De tal forma que o povo se habitou a comparar tudo aquilo que não mais acaba às obras de Santa Engrácia.


 Um provérbio…

Mentir, nem zombando.


 Até Agosto amigos e amigas


 

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 14:04

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Junho de 2014

Jornal "Perrocas" número 93

perrocas nº93

Junho de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

A escola está a acabar...

BOAS FÉRIAS!

DIVIRTAM-SE!


Uma receita…

Bolacha de mel

Pede ajuda a um adulto!

Vamos experimentar uma coisa diferente!

Ingredientes

  • 1  ¼ kg de farinha de trigo
  • 1  ½ copo de mel
  • 250g de açúcar cristal
  • 75g de manteiga
  • 1 colher (chá) de noz moscada
  • 1 colher (chá) de cravo moído
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • 1 colher (sopa) de sal amoníaco
  • 2 ovos
  • 100 ml de leite

Modo de preparo

  • Misture cerca de 1 kg de farinha de trigo com o mel.
  • Acrescente o açúcar e os ovos, mexendo sempre.
  • Depois, adicione a manteiga à massa e os demais temperos (cravo, canela e noz moscada).
  • Em outro recipiente, dilua o sal amoníaco no leite morno.
  • Então, colocá-lo na massa.
  • Por último, acrescente o resto da farinha até que a mistura fique homogênea.
  • Deixe a massa descansar por duas horas.
  • Passado esse tempo, abra-a com rolo de macarrão numa superfície lisa e enfarinhada.
  • Corte a massa com forminhas vazadas e coloque-as numa fôrma untada.
  • Leve ao forno preaquecido a 200°C por cerca de 5 a 10 minutos.
  • Depois de fria, a bolacha está pronta para o consumo.
  • Pode, ainda, ser enfeita com glacê branco ou colorido com anilina comestível e polvilhada com açúcar colorido.

BOM APETITE!


Lisboa

Lisboa GC TE é a capital e a cidade mais populosa de Portugal, com uma população de 547 733 habitantes dentro dos seus limites administrativos, 2 uma área de 100 quilómetros quadrados.3 Cerca de três milhões de pessoas vivem na Grande Área Metropolitana de Lisboa (aproximadamente 27% da população de todo o país), o que torna a cidade a 11.ª área urbana mais populosa da União Europeia4 5 , sendo, portanto, a maior zona urbana portuguesa, seguida pelo Porto. Lisboa é a grande cidade e a capital mais a Ocidente do continente europeu, além de ser a única ao longo da sua costa atlântica.

A capital portuguesa é reconhecida como uma cidade global devido à sua importância em aspectos financeiros, comerciais, mediáticos, artísticos, educacionais e turísticos.6 7 É um dos principais centros económicos do continente, com um crescente sector financeiro e o maior porto de contentores da costa atlântica da Europa.8 O Aeroporto da Portela recebe mais de 15,3 milhões de passageiros anualmente (2012), enquanto a rede de auto-estradas e o sistema de ferrovias de alta velocidade (Alfa Pendular) conectam as principais cidades portuguesas à capital.9 Lisboa é a sétima cidade mais visitada do sul da Europa, após Istambul, Roma, Barcelona, Madrid, Atenas e Milão, com 1 740 000 de turistas em 2009, tendo em 2013 ultrapassado a marca dos 10 milhões de turistas.10 A região de Lisboa é a região mais rica do país, com um PIB PPC per capita de 26 100 euros (4,7% maior do que o PIB per capita médio da União Europeia média). A sua região metropolitana é a décima mais rica do continente, com um PIB-PPC no valor de 110 mil milhões de euros, o que equivale a cerca de 45% do PIB-PPC total do país.11 A cidade ocupa o 32.º lugar entre as maiores receitas brutas do mundo.12 A maioria das sedes das multinacionais instaladas em Portugal estão localizadas na região de Lisboa e a cidade é a nona no mundo em quantidade de conferências internacionais.13

O imperador romano Júlio César concedeu à cidade o estatuto de município chamado Felicitas Julia, acrescentando ao nome Olisipo. Governada por uma série de tribos germânicas a partir do século V, a cidade foi capturada pelos mouros no século VIII. Em 1147, os cruzados sob Afonso Henriques reconquistaram a cidade e, desde então, ela tem sido um importante centro político, económico e cultural de Portugal. Diferente da maioria das capitais, o estatuto de Lisboa como capital de Portugal nunca foi concedido ou confirmado oficialmente. A sua posição como capital formou-se com a convenção constitucional, fazendo com que a sua posição como capital de facto uma parte da Constituição de Portugal.

A cidade é o centro político do país, como sede do Governo e da residência do chefe de Estado, além de sediar duas agências da União Europeia: o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) e a Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA). Chamada de "capital do mundo lusófono", a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) tem a sua sede na cidade. Lisboa tem dois locais classificados pela UNESCO como Património da Humanidade: a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos. Além disso, em 1994, Lisboa foi a Capital Europeia da Cultura e organizou Exposição Mundial de 1998.


Sabias que...

Islândia (em islandês: Ísland; AFI: [ˈislant]) é um país nórdico insular europeu situado no Oceano Atlântico Norte.4 O seu território abrange a ilha homônima e algumas pequenas ilhas no oceano Atlântico, localizadas entre a Europa continental e a Groenlândia. O país conta com uma população de quase 320 mil habitantes em uma área de cerca de 103 mil quilômetros quadrados.5 A sua capital e maior cidade é Reiquiavique, cuja área metropolitana abriga cerca de dois terços da população nacional. Devido à sua localização na dorsal meso-atlântica, a Islândia tem uma grande atividade vulcânica e um importante gradiente geotérmico, o que afeta muito a sua paisagem. O interior é constituído principalmente por um planalto caracterizado por campos de areia, montanhas e glaciares. Aquecida pela corrente do Golfo, a Islândia tem um clima temperado em relação à sua latitude e oferece um ambiente habitável.


Lenda

  O Pássaro Chica-Amorica

        Era uma vez um pássaro chamados Chica-Amorica. Tinha o ninho e três filhos no alto de um carvalho. E cantava, feliz da vida. Chegou então a raposa e perguntou:

     - Quem está a cantar em tão alto carvalho?

    E logo o pássaro respondeu:

    - É a Chica-Amorica e seus filhos três.

    E disse a raposa:

    - Pois deita para cá um, senão alço o rabo, corto o carvalho e como Chica-Amorica e seus filhos três. Cheia de medo, a avezinha deitou um filho para fora do ninho e toda a noite chorou. No dia seguinte, voltou a raposa e perguntou:      

    - Quem chora em tão alto carvalho?

    E logo Chica-Amorica respondeu:

    - É a Chica-Amorica com seus filhos dois,

    E a raposa tornou:

    - Pois deita para cá um, senão alço o rabo, corto o carvalho e como Chica-Amorica e seus filhos dois.

     Sem parar de chorara a avezinha deitou um filho para fora do ninho. Pouco de pois passou por ali o mocho que era compadre da Chica-Amorica. Ao ouvir chorar, perguntou:

    - Quem esta a chorar no alto deste carvalho?

    E veio a resposta:

    - É a Chica-Amorica e seu filho único. Passou por aqui a raposa e disse que cortava o carvalho com o rabo e que me engolia junto com os meus filhos. Já levou dois e não deve tardar para vir buscar o último.

    O mocho disse-lhe que não se afligisses e ensinou as respostas que devia dar á raposa. E ficou por ali a passear até que apareceu a raposa. E logo veio a pergunta, mas Chica-Amorica tinha aprendido a lição e respondeu que rabo de raposa não corta carvalho. Irritada a raposa gritou:

    - Isso são conselhos do teu compadre!

    O mocho apareceu e disse:

    - Pois!

    A raposa disse então ao Mocho que pusesse um pé no chão e o outro no ar. Este a sim fez e disse:

    - Pois.

    - Agora fecha um olho e abre o outro - ordenou a raposa.

    Era o que a raposa queria. Engoliu o Mocho e desatou a correr enquanto gritava:

    - Mocho comi! Mocho comi!

    O Mocho, que tinha ficado inteiro na boca da apressada raposa, gritou:

    - Berra mais alto para a minha família ouvir.

    A raposa abriu muito a boca, o Mocho fugiu e gritou:

    - A outro, a outro que a mim não!


 Um provérbio…

Quem ao moinho vai, enfarinhado sai.


 Até JULHO amigos e amigas


 

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 15:02

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 4 de Maio de 2014

Jornal "Perrocas" número 92

perrocas nº92

Maio de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

A escola está a acabar...

Há que dar o máximo!


Uma receita…

Bolas de Manteiga

Pede ajuda a um adulto!

Vamos experimentar uma coisa diferente!

Ingredientes:

(cerca de 20 bolas)

Para a massa

  1. 1 pitada de sal
  2. 150 g de manteiga
  3. 2 ovos
  4. 2 colheres (café) de fermento biológico seco
  5. 3 colheres (sopa) de açúcar
  6. 360 g de farinha de trigo
  7. 60 ml de leite

Para o creme de manteiga

  1. 1 chávena (chá) de manteiga
  2. 1 colher (chá) de essência de baunilha
  3. 1 pitada de sal
  4. 2 colheres (sopa) de natas
  5. 4 chávenas de chá de açúcar em pó

Para a cobertura

  1. açúcar em pó q.b.

Confeção:

  1. Junte o leite, o sal, o açúcar e a margarina, mexendo bem.
  2. Acrescente as gemas e o fermento e volte a mexer.
  3. Adicione, por fim, a farinha e amasse muito bem.
  4. Deixe levedar, com o recipiente tapado e em local temperado, até a massa duplicar de volume.
  5. Molde as bolas (poderá usar 1 copo para cortar a massa) e deixe levedar mais 30 minutos.
  6. Pincele com leite e leve ao forno, a 200ºC, durante 10 minutos.
  7. Deixe as bolas arrefecerem no forno.
  8. Para o creme, bata a manteiga à temperatura ambiente até ficar em creme.
  9. Acrescente o açúcar e bata devagar até que os ingredientes estejam bem ligados. Aumente a velocidade da batedeira para fazer maior volume no creme.
  10. Junte o sal, a baunilha e as natas. Bata bem.
  11. Se o creme não tiver a consistência desejada, acrescente um pouco mais de açúcar.
  12. Depois de cozidas e frias, corte as bolas ao meio, no sentido horizontal, e recheie-as com o creme. Polvilhe com açúcar em pó e sirva.

BOM APETITE!


Cavaco Silva

Filho de Teodoro Gonçalves da Silva e de Maria do Nascimento Cavaco, cresceu em Boliqueime, onde o pai se dedicava à exploração de frutos secos e ao comércio de combustíveis. Em Faro fez o Ciclo Preparatório, na Escola Técnica Elementar Serpa Pinto, e depois o Curso Geral do Comércio, na Escola Comercial e Industrial de Faro. Em 1956 veio para Lisboa, onde tirou o curso de Contabilidade do Instituto Comercial de Lisboa (hoje ISCAL), em 1959. Em paralelo, frequentou as disciplinas exigidas para admissão ao Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras (actual ISEG). Prestes a terminar o curso, seria chamado a cumprir o serviço militar obrigatório. Fez a recruta na Escola Prática de Cavalaria de Santarém, e foi colocado como aspirante miliciano, na Repartição de Contabilidade dos Pupilos do Exército. Em 1963, depois de casar com Maria Alves da Silva, foi enviado em comissão para Moçambique, onde permaneceu até 1965. Em 1964 licenciou-se em Finanças, com a mais alta classificação do seu ano.

No final de 1965 torna-se bolseiro do Centro de Economia e Finanças da Fundação Calouste Gulbenkian, onde se dedica à investigação, a partir de 1967. Publica então um primeiro título, O Mercado Financeiro Português em 1966 (1967). Entretanto iniciara funções como assistente de Finanças Públicas, no ISCEF, onde leccionou até 1978. Mantendo a bolsa da Fundação Gulbenkian, parte com a família para a Grã-Bretanha, onde viria a doutorar-se em Economia Pública, na Universidade de York, em 1971. A sua dissertação, depois publicada, tem o título de A Contribution to the Theory of the Macroeconomic Effects of Public Debt (1973).

Regressado a Portugal, pouco antes do 25 de Abril, manteve-se como investigador na Fundação Gulbenkian, integrando depois o respectivo Centro de Economia Agrária. Em 1977 mudar-se-ia para o Banco de Portugal, assumindo o cargo de director do Departamento de Estatística e Estudos Económicos. Ao mesmo tempo passou a integrar, como vogal, a Comissão Instaladora da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa. Pouco depois leccionaria também na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa. Em 1979 prestou provas públicas para professor extraordinário de Economia Pública, na Universidade Nova de Lisboa, onde chegaria a professor catedrático.

Com a vitória da Aliança Democrática, coligação partidária entre o Partido Social Democrata (PPD/PSD), o Partido do Centro Democrático e Social (CDS) e o Partido Popular Monárquico (PPM), foi convidado a exercer funções como ministro das Finanças e do Plano (1980–1981) do VI Governo Constitucional, de chefiado por Francisco Sá Carneiro. Porém, após a morte do primeiro-ministro, recusa-se a integrar o governo de Francisco Pinto Balsemão, abdicando também do lugar de deputado para o qual tinha sido eleito. Em Fevereiro de 1981 é eleito, pela Assembleia da República, presidente do Conselho Nacional do Plano (órgão que antecedeu o Conselho Económico e Social), e que dava pareceres sobre as Grandes Opções do Plano.

Militante do Partido Social Democrata desde a sua fundação, foi ao VIII Congresso onde encabeçou uma lista candidata ao Conselho Nacional. No mesmo ano é eleito presidente da Assembleia Distrital da Área Metropolitana de Lisboa do PSD.

Na Primavera de 1985 foi nomeado membro da Comissão Instaladora do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, pouco antes da política lhe ditar o afastamento do ensino (na Universidade Nova de Lisboa e na Universidade Católica Portuguesa), por uma década.

Depois da demissão de Carlos Alberto da Mota Pinto em 1985 (dos cargos de vice-primeiro-ministro e presidente do PSD) foi convocado um Congresso Nacional no Casino da Figueira da Foz. Inesperadamente, Mota Pinto morre, vítima de um ataque cardíaco, e o congresso parecia disputar-se entre João Salgueiro e Rui Machete. Porém, contra as previsões, foi Cavaco Silva quem acabou eleito presidente do partido. O falhanço das negociações com o Partido Socialista levaram à rotura do Bloco Central, que havia sido constituído em 1983. Como consequência, Ramalho Eanes dissolveu o Parlamento. Nas eleições legislativas de 1985, que se seguiram, o PSD obteve o melhor resultado de sempre (29,8% dos votos) dando início a um governo minoritário (o X Governo, chefiado por Cavaco Silva).


Sabias que...

Guiné-Bissau, oficialmente República da Guiné-Bissau (capital – Bissau), é um país da costa ocidental da África que se estende desde o cabo Roxo até à ponta Cagete. Faz fronteira a norte com o Senegal, a este e sudeste com a Guiné-Conacri (ex-francesa) e a sul e oeste com o oceano Atlântico. Além do território continental, integra ainda cerca de oitenta ilhas que constituem o Arquipélago dos Bijagós, separado do Continente pelos canais do rio Geba, de Pedro Álvares, de Bolama e de Canhabaque.

Foi uma colónia de Portugal desde o século XV até proclamar unilateralmente a sua independência, em 24 de Setembro de 1973, reconhecida internacionalmente - mas não pelo colonizador. Tal reconhecimento por parte de Portugal só veio em 10 de Setembro de 1974. A Guiné-Bissau foi a primeira colónia portuguesa no continente africano a ter a independência reconhecida por Portugal.3

Actualmente faz parte da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), das Nações Unidas, dos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) e da União Africana.


 Um provérbio…

Voz corrente muito mente.


 Até JUNHO amigos e amigas


 

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 21:13

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 1 de Abril de 2014

Jornal "Perrocas" número 91

perrocas nº91

Abril de 2014 

Olá amiguinhos e amiguinhas

de todas as idades, cores e lugares...

A Páscoa está a chegar...

Boas Férias!


Uma receita…

Trufas e Bombons de Chocolate

Pede ajuda a um adulto!

Vamos experimentar uma coisa diferente!

  •  Castanhas picadas

  • 1 pacote de coco queimado

  • 1 pacote de biscoito amanteigado de chocolate picado

  • ½ caixa de creme de leite

  • 1 lata de brigadeiro

  • 1 lata de beijinho

  • 1 xícara de suco concentrado de maracujá

  • 1 caixa de creme de leite

  • 1 caixa de leite condensado

  • 2 pacotes de gelatina sem sabor

  • 500g de cobertura de chocolate meio amargo

  • 500g de cobertura de chocolate branco

  • Confeitos de chocolate para brigadeiro

Prepare os recheios:

Misture metade do brigadeiro com os confeitos de chocolate e a outra metade com a castanha.

Misture metade do beijinho com a castanha e a outra metade com o coco queimado.

Misture os biscoitos farelados na mão com a meia caixa de creme de leite.

Hidrate a gelatina em ½ xícara de água fervente e misture com o suco de maracujá, o creme de leite e o leite condensado.

Leve ao congelador por 2 horas.

Para os Bombons de chocolate:

Derreta os chocolates em banho Maria ou no microondas.

Use forminhas diversas e vá preenchendo com o chocolate que você desejar os misturando um com o outro.

Leve a geladeira e depois de firmes desenforme-os

Se desejar coloque nos bombons castanhas picadas, coco queimado, biscoitos farelados, etc.

Para as trufas:

Coloque uma colher de sopa de chocolate derretido de sua preferência nas forminhas e coloque a tampa da forminha logo em seguida

Leve a geladeira para firmar.

Retirando da geladeira, use o recheio de sua preferência, usando uma colher de chá

cubra o recheio com mais um pouco de chocolate e nivele com uma espátula

Leve novamente a geladeira para firmar.

Agora desenforme a trufa.

BOM APETITE! 


Jorge Sampaio

Jorge Sampaio iniciou a sua carreira política na altura em que era estudante na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Esteve envolvido na contestação ao regime Salazarista e foi líder da associação académica da faculdade (AAFDL) entre 1960 e 1961. Após a sua graduação em 1961, Jorge Sampaio iniciou uma carreira notável como advogado, muitas vezes envolvido na defesa de prisioneiros políticos.

Após a Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974, Jorge Sampaio foi fundador do Movimento de Esquerda Socialista (MES), mas abandonou o projecto pouco depois. Em 1978 aderiu ao PS, o Partido Socialista, onde permanece até hoje. A sua primeira eleição como deputado por Lisboa na Assembleia da República foi em 1979. Entre este ano e 1984, foi membro da Comissão Europeia para os Direitos Humanos, onde desempenhou um trabalho importante nessas matérias. A 3 de Agosto de 1983 foi feito Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.1

Entre 1986 e 1987, foi presidente do Grupo Parlamentar do Partido Socialista. Em 1989 foi eleito Secretário-Geral do partido, um posto que deteve até 1991. Também em 1989, Jorge Sampaio foi eleito presidente da Câmara Municipal de Lisboa, tendo sido reeleito em 1993.

Em 1995, Jorge Sampaio anunciou o desejo de se candidatar à Presidência da República. Ganhou a eleição logo na primeira volta, contra Aníbal Cavaco Silva, o anterior primeiro-ministro, e foi eleito presidente em 14 de Janeiro de 1996. Tomou posse deste cargo a 9 de Março. Após um primeiro mandato sem controvérsias, foi re-eleito Presidente em 14 de Janeiro de 2001.

Como presidente, a sua acção destaca-se nos aspectos sociais e culturais. As suas intervenções presidenciais foram reunidas nos livros Portugueses I, II, III, IV, V e VI. No domínio económico, impulsionou a criação da COTEC Portugal. Na cena política internacional, Sampaio foi um importante contribuidor para a tomada de consciência da causa pela Independência de Timor-Leste.

A presidência de Jorge Sampaio marcou-se sempre por um senso firme de prudência e moderação, um estilo que lhe assegurou um primeiro mandato sem controvérsias. Em 2004, porém, a sua decisão de não convocar eleições antecipadas após a resignação do primeiro-ministro Social-Democrata José Durão Barroso foi contestada por todos os partidos de esquerda e acabou por influenciar a decisão de demissão do líder do Partido Socialista Eduardo Ferro Rodrigues. A 9 de Março de 2006, dia em que terminou o seu segundo mandato como presidente da República, foi agraciado, pelo seu sucessor na Presidência da República, Aníbal Cavaco Silva, com o Grande-Colar da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito e com o Grande-Colar da Ordem da Liberdade.1

Em Maio de 2006, foi nomeado pelo Secretário-Geral das Nações Unidas Enviado Especial para a Luta contra a Tuberculose. Em 26 de Abril de 2007 foi nomeado Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações pelo Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. Em 24 de Janeiro de 2010 recebeu o grau de doutor Honoris Causa da Universidade de Coimbra.

Jorge Sampaio é casado e tem dois filhos. No programa Os Grandes Portugueses, Jorge Sampaio obteve o 80.º lugar.

Dia 11 de Outubro de 2010 recebeu o Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Lisboa aquando das comemorações do centenário da mesma, coincidindo com as comemorações do centenário da República Portuguesa (5 de Outubro). 


Sabias que...

O Sri Lanka ou Sri Lanca6 7 8 9 (por vezes aportuguesado para Seri-Lanca10 ; conhecido pela forma portuguesa equivalente Ceilão, adotada pelo país até 1972; e chamado de Taprobana na Antiguidade e em Os Lusíadas), é um país insular asiático, localizado ao largo da extremidade sul do subcontinente indiano. Tem costas para a Baía de Bengala a leste, Oceano Índico a sul e a oeste, e o Estreito de Palk a noroeste, que o separa da Índia. A sua capital é Sri Jayawardenapura-Kotte (ou simplesmente Kotte), subúrbio da antiga capital Colombo, desde a inauguração do novo edifício do parlamento, em 1982.


 Um provérbio…

Filho de burro não pode ser cavalo.


 Até Maio amigos e amigas


 

publicado por pedrocas9@sapo.pt às 23:42

link do post | comentar | favorito
|

.SUGESTÕES DO PERROCAS